OSMP realiza Escola de Formadores e Articuladores das Santas Missões Populares

A Organização Religiosa Santas Missões Populares, Regional Norte II, realizou nos dias 21 a 24 de fevereiro de 2020, na casa de Retiro “Santa Clara” em Belém, o I módulo da V Escola de Formadores e Articuladores da SMP – Pa. Este I módulo contou com a participação de 19 formandos, vindos de diversas paróquias do estado do Pará e uma visitante do Regional Nordeste V- Maranhão. Entre os formando um seminarista e uma religiosa.

A escola de Formadores e articuladores é uma proposta que visa contribuir na formação processual de missionários leigos, lideranças, pessoas engajadas nos serviços de uma igreja em saída, buscando aprofundar o conteúdo e a metodologia da SMP, no sentido de assimilar e atualizar, numa vivencia mística e missionária, o estilo de vida de Jesus de Nazaré.

Testemunho da Ir. Maria

Ir. Maria
Ir. Maria

Ir. Maria fala também sobre a sua participação na Escola: “Este primeiro módulo da V escola, foram dias de muito aprendizado, sobre tudo na pessoa e na vida de Jesus. Que perpassa pelo outro, como vivência concreta dê quem abraça a sua missão. Mas que também requer uma profunda e autêntica intimidade com Deus Pai Filho e Espírito Santo, capaz de orientar nosso projeto de vida de acordo com o projeto de vida de Jesus de Nazaré, para que possamos contribuir na sua missão profética em sua igreja que é itinerante”.

Testemunho da Marcirene Davi Ito

Marcirene Davi Ito, (Márcia)
Marcirene Davi Ito, (Márcia)

Marcirene Davi Ito, (Márcia), da paróquia de São Francisco Xavier Quatro-Bocas, Tomé-Açu/PA, sobre o que foi para ela esse primeiro contato com a Escola: ”Estou num retorno gradativo às atividades da igreja e ter tido a oportunidade de participar da V escola missionária me trouxe um resgate do sentido da vida.

Ter feito uma introspecção a respeito do meu EU, fora das vertentes do superego e egoísmo, me fez voltar ao caminho de Jesus, pois percebi que estava vivendo mais fisicamente do que espiritualmente. Não tenho tido dias muito fáceis, passei por dolorosos momentos até perder o sentido da vida e o caminho da verdadeira felicidade, sobrevivendo a uma luta interna todos os dias para continuar de pé, tentando não ser sepultada pelas minhas trevas, porém, depois da escola missionária, sinto que muitos dos vazios que sentia foram preenchidos pelo Cristo místico, ouvir tanta coisa maravilhosa avivou minha esperança e minha fé e me fez querer fazer parte desse grande projeto das Santas Missões Populares, de ser uma igreja em saída, ao modelo de Jesus de Nazaré, e levar um pouco do Deus que está vivo em mim a qualquer pessoa que o aceite de todo o coração.

Aos missionários que compartilharam conosco seus testemunhos de caminhada e sabedoria na Palavra, meus agradecimentos sinceros, ao padre Luis Mosconi, uma profunda reverência por trazer o Pai, o Filho e o Espírito Santo de forma tão simplória e tão iluminada até nós, saiba que a semente da Organização Santas Missões Populares brotou em mim e vou regá-la para que cresça, floresça e dê frutos, sua súplica em não deixar morrer esse projeto de Deus, ficou marcada em minha alma e sua voz ecoa na minha mente”.

Confira as fotos